27 de novembro de 2010

Temporário .


As coisas começaram a não mais fazer sentido, de forma que não sei nem a quem dar ouvidos.
Será que rodei e rodei e pararei no mesmo lugar?
Será que minha nova moral ao céu me levará?
Porque comigo é sempre tão diferente, tão difícil?
Porque eu sempre confundo realidade com fanatismo?
Porque no cume de minha atual razão, no total desvinculo com meus vícios, acredito que na verdade o meu lugar possa estar unicamente num hospício?

Eu não quero regredir.
Peço a mim mesma que não regrida.
Foram tantos avanços...
Foram tantos avanços...

8 comentários:

Ariane disse...

Seu Blog é minimalisticamente bonito. Cada detalhe entrinchado com o todo faz dele uma bela fonte de lindos textos.
Retribuindo, estou seguindo-a, e com muito prazer. :)

Lady Ana Paula disse...

Achei vc.rs
Obrigada por gostar do meu blog: A Biblioteca das Bruxas!"

Anônimo disse...

cara, como vc é linda demais....

Banda Libertades

Banda Matando a Sede

Anônimo disse...

add no msn

matandoasede@hotmail.com

Mensagens abencoadoras!!! disse...

Oi querida passeando te achei..
Voltarei para ler vc e comentar...
bju
Marly

O novo poeta disse...

Parabéns pelas coisas lindas que tu escreve, Milly.

Goticus Eternus disse...

Lisonjeado com tua doce visita e comentario, bela milady, um até breve volte sempre!!!

Nei Baiano disse...

Lemonah Linda sz <3 sz

Postar um comentário