8 de janeiro de 2010

...


Não estou sozinha.
Os fantasmas do meu medo voltaram.

Eu os vejo sempre. À minha direita, à minha esquerda, em meus sonhos, em meus olhos apavorados ao se verem no espelho, e em meus pensamentos vazios, vagos, distantes...

São muitos os vultos que correm a minha volta.

Sinto fortes sopros gelados em meus ouvidos. Sinto minha pele arrepiar.
Eles estão aqui.
Não estou sozinha.
Os fantasmas do meu medo voltaram.

3 comentários:

Sophie Angel disse...

Nuss...

...que grande companhia!!

Dalton disse...

Mas o gasparzinho é um fantasminha camarada =p

Nei Truta disse...

LOL

Postar um comentário