8 de outubro de 2009


O que eu sinto não é tristeza, nem medo, nem vontade de chorar.

Descobri que o pedaço que faltava em mim, o vazio que eu sentia não era a falta de alguém, era exatamente a presença. Uma presença que fazia de mim uma pessoa triste e depressiva por dentro. Quando resolvi excluir da minha vida esse 'alguém', comecei a sentir orgulho de mim mesma, por ter conseguido arrancar uma mancha maldita da minha existencia e ao mesmo tempo preencher meu vazio.

Logo no inicio, achei que lágrimas resolveriam tudo e me deixariam leve, mas por incrivel que pareça, não consegui derramar uma lágrima sequer. Só faço sorrir, porque tenho certeza que eu errei, só desta vez não me culpo, nem me condeno... Apenas sorrio, como se nunca houvesse falhado. Aprendi que todo mundo erra e não sou melhor nem pior que ninguém.

1 comentários:

Ѽ 'MαяιScнмitz ♀ {Lady Evil} ☠ disse...

adorei o post...
ta liindo...


bom restinho de semana.
:*

Postar um comentário