28 de agosto de 2009

Não choro por você .


Não te amo.
Não te quero.
Não choro por você.

E se eu nunca te tive,
o que me importa te perder?

Ouça o que te falo,

escreva o que te digo.
Você vai sofrer condenado
a jamais ficar comigo.

Não sou boba.
Não sou tola.

Não vou fazer o que você quer.
Se te comporta como criança,
como poderia me fazer mulher?

1 comentários:

Mariie disse...

amei,amei *-*

Postar um comentário